NOTÍCIAS

27
AGO

Você já ouviu falar em Diabetes Insípidus?

Publicado 27/08/18

Quando falamos de diabetes, sempre vem à cabeça o tipo 1 e tipo 2. Mas existem outros tipos.

Você já ouviu falar da diabetes insípidus? A doença dá muita sede! Esse tipo pode ser a falta do hormônio antidiurético ou a incapacidade de ação desse hormônio. Isso vai levar a um aumento da produção de urina pelo paciente.

O que é Diabetes insípidus?

Diabetes insípidus consiste em um distúrbio de controle da água no organismo, no qual os rins não conseguem reter adequadamente a água que é filtrada.

Como consequência, o paciente passa a apresentar um aumento no volume de urina (poliúria), que ultrapassa facilmente os 3 litros por dia, podendo chegar a mais de 10 litros de urina.

O nome insípidus vem do fato da urina ser bastante diluída e por isso “sem gosto”, ao contrário do diabetes melittus, no qual o paciente perde muita água e açúcar pela urina (quando o diabetes está descompensado), podendo ficar “doce”.

O diabetes insípidos pode ser subdividido de acordo com a origem do problema em:

Diabetes insípidus central:

O diabetes insípidus central tem origem no sistema nervoso central. O hipotálamo e a hipófise (glândulas localizadas na base do cérebro) são responsáveis pela produção do hormônio antidiurético, abreviado por ADH e também chamado de vasopressina.

Este hormônio age nos rins estimulando a reabsorção de água e impedindo que percamos este item pela urina.

Quando acontece alguma lesão nestas estruturas, de modo a comprometer a produção e/ou liberação do ADH, ocorre a queda das concentrações deste hormônio no sangue e assim os rins perdem a capacidade de reter a água filtrada, que escapa através da urina em grandes quantidades.

Diabetes insípidus nefrogênico:

No caso do diabetes insípidus nefrogênico, o hipotálamo e a hipófise funcionam corretamente e produzem quantidades adequadas do ADH. No entanto, este hormônio não funciona bem devido a um problema originado nos próprios rins.

Diabetes insípidus gestacional:

O diabetes insípidus gestacional é uma forma fisiológica de diabetes insípidus que ocorre na gravidez, devido a produção de uma enzima produzida pela placenta, chamada vasopressinase, que degrada o hormônio ADH levando ao aumento da urina. Em geral é autolimitada, normalizando ao término da gravidez.

Causas:

Diabetes insípidus central: As principais causas de diabetes insípidus central são tumores que acometem a região hipotalâmica hipofisária, como por exemplo:

-Germinomas
-Craniofaringioma
-Metástases de outros tumores fora do sistema nervoso (pulmão e mama).

Diabetes insípidus central também pode ser causado por doenças inflamatórias do sistema nervoso central, como sarcoidose, histiocitose e por doenças autoimunes como as hipofisites. O trauma do sistema nervoso central após acidentes também podem causar DI.

Diabetes insípidus nefrogênico: Pode ser causado principalmente por uso de medicamentos tóxicos aos rins, como por exemplo em pacientes que usam Lítio, anfotericina B, demeclociclina dentre outros medicamentos.

Também pode ocorrer em crianças, devido mutações genéticas que alteram o receptor do ADH ou proteínas relacionadas a sua função. Causas menos comuns de ADH estão listadas abaixo:

Causas genéticas:

–Mutação recessivo ligado ao X (receptor V2);Mutação no gene da Aquaporina 2 (Autossômica recessiva);Mutação no gene da Aquaporina 2 (Autossômica dominante).

Causas adquiridas (doenças):

–Metabólicas (hipocalcemia, hipopotassemia);Obstrução crônica renal;Doenças vasculares renais (anemia falciforme, isquemia renal);Doenças granulomatosas (sarcoidose);Neoplasia (sarcoma);Infiltração renal (amiloidose);Idiopática (causa desconhecida).

Diabetes insípidus tem cura?

Depende da causa do diabetes insípidus. Porém, mesmo naqueles casos onde a cura não é possível, o controle da doença pode ser bem adequado com o uso de medicamentos.

Prevenção: em geral, a maior parte das causas de diabetes insípidus não são preveníeis.

Fonte: https://www.minhavida.com.br/saude/temas/diabetes-insipidus


- Compartilhar!
Ver todas
Doenças Hormonais e Metabolismo
Obesidade - Crescimento - Diabetes
Tireóide - Testes Hormonais
Facebook
Av Rio Branco, 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393