NOTÍCIAS

02
MAI

Diabetes no idoso exige cuidados especiais e atenção redobrada

Nos últimos dez anos, o diabetes cresceu 60% no Brasil. E a maior parte desse exército de 14 milhões de portadores está na terceira idade. “O tipo 2 da doença, que é o mais prevalente, está relacionado ao envelhecimento, ao sedentarismo e à obesidade, sendo que esses dois últimos fatores, por sua vez, se intensificam com o avançar da idade”, comenta João Salles, endocrinologista da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e vice-presidente eleito da Sociedade Brasileira de Diabetes.Esse ambiente tão favorável torna o idoso mais sujeito não só ao surgimento do problema, mas também às suas consequências mais graves. Sem contar que a glicemia descompensada acentua dificuldades frequentes nessa fase da vida. “Ela pode incapacitar o idoso, pois eleva o risco de... Leia Mais



Fonte: https://conteudo.imguol.com.br/c/entretenimento/a0/2018/04/30/diabetes-1525114513242_v2_45
25
ABR

Diabetes: o desafio de seguir o tratamento

Médico toca em um ponto fundamental (e não tão respeitado) para o sucesso do controle da doença e a prevenção de suas complicaçõesApesar dos inúmeros esforços de governos, comunidades médicas e ONGs para alertar a população sobre os riscos do diabetes não controlado e das inovações terapêuticas contra a doença, um dos grandes desafios para todos os envolvidos com a condição continua sendo a baixa adesão ao tratamento.Olhando de fora, pode parecer inexplicável que alguém, sendo portador de uma doença crônica que dispõe de terapias eficazes e bem toleradas (ainda que nem todas disponíveis no SUS), recuse-se a seguir o esquema terapêutico ou simplesmente o abandone. Infelizmente, essa é uma realidade rotineira no Brasil.Compreender os motivos que levam uma pessoa... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/blog/com-a-palavra/diabetes-o-desafio-de-seguir-o-tratamento/
17
ABR

Obesidade reduz paladar, sugere estudo

A obesidade é um dos problemas de saúde pública mais prevalentes no mundo, afetando mais de um terço dos cidadãos dos Estados Unidos. Está associada ao aumento da mortalidade, juntamente com várias comorbidades, incluindo doenças cardiovasculares, diabetes, acidente vascular cerebral e câncer. O tratamento da obesidade apresenta grandes desafios, incluindo baixa adesão às dietas. Apesar de muitos estudos descreverem os efeitos da obesidade, as pessoas continuam a consumir dietas pouco saudáveis. Vários estudos investigaram a relação entre o índice de massa corporal (IMC) e a percepção do paladar, com resultados diferentes.Intervenções de perda de peso, tanto graduais como agudas (através de cirurgia bariátrica), também provaram reduzir as alterações na função... Leia Mais



Fonte: http://www.abeso.org.br/noticia/obesidade-reduz-paladar-sugere-estudo
09
ABR

A importância da atividade física contra a hipertensão – e como fazer

Não caia na história de que os hipertensos não deveriam se exercitarSe no passado a atividade física era proibida para quem tinha algum risco cardiovascular, hoje em dia ela virou arma consagrada contra a hipertensão. Sem contar que, de bônus, ainda baixa colesterol, glicemia e afins – que, juntos com a pressão alta, ameaçam ainda mais o sistema cardiovascular.Praticar esportes ajuda a regular o sistema nervoso simpático,... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/fitness/a-importancia-da-atividade-fisica-contra-a-hipertensao-
02
ABR

T3 e T4: o que fazem os hormônios da tireoide

Veja como o excesso ou a falta dessas substâncias - o hiper ou o hipotireoidismo - provoca uma pane geral que abre as portas para doençasA triiodotironina, o famoso T3 e a tiroxina, como também é conhecido o T4, são hormônios da tireoide, que agem praticamente em tudo quanto é canto.Veja por que o excesso ou a falta deles provoca uma pane geral:1 - IntestinoEm níveis normais: reforçam a ação das catecolaminas, que podem interferir no funcionamento do intestino. Os rins também são influenciados.Hipotireoidismo: o intestino fica mais lento e a pessoa sofre com prisão de ventre. Os rins passam a filtrar os líquidos lentamente e o indivíduo urina menos.Hipertireoidismo: o funcionamento do intestino se acelera, provocando um número maior de evacuações. A pessoa também urina... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/t3-e-t4-o-que-fazem-os-hormonios-da-tireoide-em-niveis
26
MAR

Bote a hipertensão para… suar

Separamos dicas essenciais para tirar o melhor desses banhos vaporizadosRecurso consagrado entre os atletas que precisam perder peso da noite para o dia, saunas são uma alternativa cada vez mais quente contra problemas cardiovasculares. E a bola da vez é a hipertensão.Em um estudo publicado no Journal of Hypertension, pesquisadores da Finlândia avaliaram 1 621 pessoas e concluíram o seguinte: quem frequentava banhos vaporizados dois ou três dias na semana estava 24% menos propenso à pressão alta em comparação aos que só iam uma vez. Não parou aí: entre os sujeitos que faziam de quatro a sete sessões, o risco era 46% menor.“O calor contribui para a eliminação de agentes nocivos pelo suor e dilata os vasos, facilitando o fluxo sanguíneo”, explica o médico Carlos... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/bote-a-hipertensao-na-sauna/
Doenças Hormonais e Metabolismo
Obesidade - Crescimento - Diabetes
Tireóide - Testes Hormonais
Facebook
Av Rio Branco, 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393