NOTÍCIAS

22
JAN

Pressão arterial: qual número é mais perigoso?

Geralmente o médico fala dois números após medir sua pressão. Qual o mais importante?O senso comum diz que o aumento da pressão arterial diastólica (o segundo valor da medição) é mais grave que o da sistólica (o primeiro). Na verdade, não é bem assim. Quando estão elevadas, ambas oferecem riscos. É o que assegura o médico Luiz Bortolotto, da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Veja bem: a hipertensão é caracterizada por níveis superiores a 140 por 90 mmHG. O ideal, portanto, é que os dois valores não cheguem a essa marca ou a superem.A pressão sistólica, ou máxima, é aquela que marca a contração do músculo cardíaco, quando ele bombeia sangue para o corpo. A diastólica, por sua vez, é a do momento de repouso, em que os vasos permanecem abertos para o... Leia Mais

14
JAN

Colesterol alto também pode ser problema de criança

Em crianças, a união de estilo de vida desequilibrado e genética pode favorecer jogar o colesterol nas alturaEmbora seja mais comum na idade adulta, o aumento dos níveis de colesterol ou triglicérides no sangue não raro já tem início na infância. E representa uma ameaça à saúde, uma vez que está diretamente associado ao maior risco de infarto e acidente vascular cerebral. Inclusive porque, ainda nessa fase da vida, já pode começar a formação de placas de gordura nas artérias, fenômeno que levará às doenças cardiovasculares no futuro.Um quadro em particular chama atenção nesse contexto: a hipercolesterolemia familiar (HF), doença caracterizada por altos níveis de colesterol logo na infância. Existem duas formas do problema. Estima-se que a versão... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/blog/experts-na-infancia/colesterol-alto-tambem-pode-ser-problema-de-crianca/
07
JAN

O que é diabetes tipo 2: causas, sintomas, tratamentos e prevenção

A versão mais comum do diabetes está ligada aos hábitos de vida (obesidade, sedentarismo, alimentação inadequada). Conheça a doença e suas consequênciasAssim como o tipo 1, o diabetes tipo 2 é caracterizado pelo excesso crônico de açúcar no sangue, o que desencadeia uma série de complicações, de infarto a perda de visão. Mas, nesse cenário, a causa da glicemia alta decorre de um fenômeno conhecido como resistência à insulina. E os sintomas só aparecem anos depois da instalação da doença.O que é diabetes tipo 2Diferentemente do tipo 1, o problema não começa com um ataque das próprias células de defesa ao pâncreas, a fábrica de insulina. O tipo 2 começa com a resistência à insulina, o hormônio que ajuda a colocar a glicose (nutriente vindo dos alimentos)... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/o-que-e-diabetes-tipo-2-causas-sintomas-tratamentos-e-prevencao/
18
DEZ

Osteoporose: quando o alicerce do corpo é abalado

O corpo humano precisa de uma estrutura mais firme para sustentá-lo. Assim como vigas de concreto constituem as bases de uma construção, nossos ossos são os responsáveis por manter o organismo de pé… Ou sentado, agachado, deitado.Juntamente com músculos, ligamentos, articulações e tendões, os ossos permitem nossa movimentação e protegem órgãos internos vitais. Sem eles, seríamos como bonecos de pano, totalmente moles e sem firmeza. Os números ajudam a entender a importância da coisa: um adulto tem 206 ossos em seu esqueleto.Os ossos, aliás, são tecidos vivos, feitos de células, de vasos sanguíneos, de proteínas (como o colágeno), de minerais (caso do cálcio)… Tão vivos que, quando nascemos, eles ainda são moles e, na medida em que nos desenvolvemos na... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/blog/chegue-bem/osteoporose-quando-o-alicerce-do-corpo-e-abalado/
10
DEZ

T3 e T4: o que fazem os hormônios da tireoide

Veja como o excesso ou a falta dessas substâncias - o hiper ou o hipotireoidismo - provoca uma pane geral que abre as portas para doençasA triiodotironina, o famoso T3 e a tiroxina, como também é conhecido o T4, são hormônios da tireoide, que agem praticamente em tudo quanto é canto.Veja por que o excesso ou a falta deles provoca uma pane geral:1. IntestinoEm níveis normais: reforçam a ação das catecolaminas, que podem interferir no funcionamento do intestino. Os rins também são influenciados.Hipotireoidismo: o intestino fica mais lento e a pessoa sofre com prisão de ventre. Os rins passam a filtrar os líquidos lentamente e o indivíduo urina menos.Hipertireoidismo: o funcionamento do intestino se acelera, provocando um número maior de evacuações. A pessoa também urina... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/t3-e-t4-o-que-fazem-os-hormonios-da-tireoide-em-niveis-normais-ou-alterados/
02
DEZ

Crianças com baixa estatura em relação à idade: o que fazer?

Saiba no que a baixa estatura influencia na vida da criança e como reverter esse quadroSe há uma queixa que o pediatra vive escutando é a de que a criança está mais baixa do que seus colegas de escola. Ansiosos, muitos pais logo indagam se não é caso de tomar hormônio de crescimento, sem saber que, na maioria das vezes, a solução passa ao largo dessa substância.Tamanho é documento, sim. Pelo menos quando se quer ter certeza de que a saúde do filhote vai bem, obrigado. Por isso, ainda que os pais não sejam altos, a baixa estatura em relação à idade merece investigação. É claro que a herança familiar deve ser levada em conta, mas não se pode desprezar outros fatores que atrapalham o desenvolvimento. “Às vezes o problema denuncia uma doença”, comenta o... Leia Mais



Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/criancas-com-baixa-estatura-em-relacao-a-idade-o-que-fazer/
Doenças Hormonais e Metabolismo
Obesidade - Crescimento - Diabetes
Tireóide - Testes Hormonais
Facebook
Av Rio Branco, 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393