NOTÍCIAS

03
MAI

Musicoterapia usa ritmo e melodia como alternativa para tratar doenças

Ajuda na interação com o mundo, pode ser para relaxar, aguçar os sentidos, movimentar o corpo, melhorar a coordenação motora e até mesmo para  ajudar na cura de doenças. Essas e outras possibilidades são trabalhadas na musicoterapia.  O objetivo é utilizar a música – som, ritmo, melodia e harmonia – para auxiliar na comunicação, na aprendizagem, na expressão e atender necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas do indivíduo ou do grupo. “A música é muito provocativa, muito convidativa para entrar no mundo da comunicação. Serve para o indivíduo começar a se expressar, sendo capaz de auxiliar na cura ou melhora de uma doença”, explica Clarisse Prestes,  musicoterapeuta e professora de musicalização da Universidade de... Leia Mais

28
ABR

Método Canguru contribui para desenvolvimento de bebês prematuros

Buscar qualidade na atenção prestada à gestante, ao recém-nascido e à família, promovendo, a partir de uma abordagem humanizada e segura, o contato pele a pele entre a mãe/pai e o bebê é o objetivo do Método Canguru.  É usado, especialmente, quando o bebê prematuro e/ou de baixo peso necessita ser internado após o nascimento. Essa separação dos pais, necessária, não deve, entretanto, impedir proximidade e continuidade dos cuidados familiares.O Método Canguru é uma tecnologia que promove a qualificação do cuidado do recém-nascido internado em Unidade Neonatal no Sistema Único de Saúde (SUS). O toque da família acolhe o bebê em meio a procedimentos na rotina, muitas vezes, intensa e delicada, de uma Unidade Neonatal e é fundamental, ao lado do suporte... Leia Mais



Fonte: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/entenda-o-sus/52567-metodo-canguru-cuidado-humaniza
19
ABR

Dormir: fonte de juventude para seu cérebro

Com o passar dos anos é uma tendência, ocorre uma redução da necessidade de horas de sono. No entanto, é essencial uma certa quantidade de sono contínuo para que possamos atingir fases mais profundas do sono. Essas fases – como a fase REM, dos movimentos rápidos oculares – são responsáveis pela consolidação da memória.E o que nos adolescente é tão natural – aquele sono de mais de 12 horas por noite – nos idosos pode fazer falta, pois dormir cerca de 5 horas e ainda ter as noites interrompidas por idas ao banheiro ou preocupações pode piorar o funcionamento cerebral. Uma pesquisa da Universidade de Berkeley, na Califórnia, se foca justamente nisso: no sono profundo como fonte da juventude em idosos. Mas, se pensarmos, essa lição também serve para todas as faixas... Leia Mais



Fonte: https://goo.gl/AqYKi5
12
ABR

Síndrome metabólica: do ciclo vicioso ao ciclo virtuoso

Ela é a união de alteração na glicose, problemas de colesterol, pressão alta e cintura abdominal aumentada; e todas essas alterações de saúde isoladamente vão determinar um certo risco, mas juntas, determinam um risco maior.Para fazer o diagnóstico, as Sociedades Médicas organizaram os critérios, para facilitar e diferenciar os pacientes com e sem a Síndrome. A IDF – Federação internacional de Diabetes, por exemplo, define a Síndrome Metabólica como a presença de obesidade central e mais 2 critérios dentre 4 possíveis: (1) nível de triglicérides elevados, (2) Colesterol HDL abaixo de 40 mg/dL, (3) pressão sistólica acima de 130 mmHg ou diastólica acima de 85 mmHg ou pressão em tratamento e finalmente (4) glicemia de jejum maior ou igual a 100 mg/dL ou... Leia Mais



Fonte: http://www.diabetes.org.br/publico/diabetes-em-debate/1511-sindrome-metabolica-do-ciclo-vi
05
ABR

Dicas para reduzir a ansiedade

Conviver com uma semana cheia de tarefas é atividade comum para muitas pessoas, só que com os afazeres vem a ansiedade!Confira dicas de como reduzir a ansiedade:1) Reduza o sal: menos sal, menos retenção de líquidos, e melhora na sensação de bem-estar.2) Tente exercícios: a fórmula é antiga mas funciona. Exercícios liberam endorfinas, que aliviam a tensão os níveis de ansiedade.3) A comida conforto, aquela cheia de açúcar, pode melhorar momentaneamente o estresse e a ansiedade. Porém, depois que estes alimentos agem no sistema de recompensa cerebral, rapidamente a sensação de bem estar termina, e a ansiedade retorna. Evite!4) Dormir faz bem. O sono da beleza é também o sono do repouso da mente e de recarregar as baterias.5) O ato de focar no presente e meditar,... Leia Mais



Fonte: https://goo.gl/bJPR6A
30
MAR

Pé Diabético

Estima-se que uma em cada quatro pessoas com diabetes pode ter problemas nos pés ao longo da vida. A polineuropatia diabética (PND), uma complicação que afeta 50% dos pacientes, é o fator causal mais importante para as úlceras nos pés dos pacientes diabéticos, que precedem 85% das amputações. A PND leva a insensibilidade e nos estágios mais avançados, deformidades.A tríade PND + Deformidades + Trauma são fatores determinantes para o chamado “pé diabético”, caracterizado por ulceração complicada por infecção e que pode evoluir para amputação, principalmente se há má circulação - a doença arterial obstrutiva crônica (DAOP). Outras condições colocam a pessoa em mais alto risco: doença renal do diabetes (DRD), retinopatia diabética (RD), condição... Leia Mais



Fonte: https://www.endocrino.org.br/pe-diabetico/
Doenças Hormonais e Metabolismo
Obesidade - Crescimento - Diabetes
Tireóide - Testes Hormonais
Facebook
Av Rio Branco, 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393