NOTÍCIAS

14
OUT

Hipertireoidismo e Hipotireoidismo

O hipertireoidismo acontece quando a glândula tireóide produz muito hormônio tireoideano. O aumento da produção deste hormônio causa os seguintes sintomas: - Ansiedade, cansaço ou insônia. - Tremores. - Aumento da sudação. - Falta de fôlego (falta de ar). - Dificuldade em enxergar com nitidez. - Diminuição do peso. - Inchação da glândula tireóide (bócio). Você pode ter outros problemas. Aqui estão alguns deles: - Globos oculares podem sofrer protusão. - Intolerância ao calor. - Taquicardia. - Aumento do apetite. - Diarréia. Esta doença pode causar insuficiência cardíaca e morte se não for tratada. Diminuição de funcionamento da tireóide; falta de tireóide, tireóide cansada. Já o hipotireoidismo, é conjunto de... Leia Mais

07
OUT

Fitness e saúde dos ossos: Osteoporose, ciclo menstrual e estrogênio

Algumas atletas vêm a amenorréia (ausência de menstruação) como um sinal de nível apropriado de treinamento. Outras vêm isso como uma boa solução para um inconveniente mensal. E algumas mulheres jovens aceitam isso cegamente, sem parar para pensar nas conseqüências. Porém, perder seu ciclo menstrual é geralmente um sinal de diminuição dos níveis de estrogênio. E menores níveis de estrogênio podem resultar em osteoporose, uma enfermidade na qual seus ossos ficam frágeis e mais susceptíveis a fraturas. Geralmente os ossos ficam frágeis e quebram quando as mulheres são mais velhas, porém algumas mulheres jovens, especialmente aquelas que treinam tanto que seu ciclo menstrual é interrompido, desenvolvem ossos quebradiços e podem começar a ter fraturas em idade... Leia Mais

30
SET

A hipófise e a tireóide no idoso

A hipófise pode ser chamada de nossa glândula mestra ou de "pequena notável", por ser muito pequena, e ter funções extremamente importantes na regulação do sistema hormonal do organismo. Ela está alojada na parte central do cérebro. Alguém poderia perguntar: como é que esta glândula minúscula e escondida no interior do cérebro pode influenciar as outras glândulas situadas em partes tão distantes do corpo humano? Por causa do hipotálamo, estrutura integrante do sistema nervo-central, que funciona como um órgão de censura para a hipófise, estimulando ou inibindo sua função principal, que é a produção de substâncias ativadoras das demais glândulas do corpo. O hipotálamo, como um verdadeiro mensageiro do estado hormonal e metabólico, informará à... Leia Mais

16
SET

Síndrome dos Ovários Micropolicísticos - O que é e o que causa.

O que é a síndrome dos ovários micropolicísticos? O termo "síndrome dos ovários micropolicísticos" (também conhecida pela abreviatura, "SOMP") descreve um grupo de sintomas e de alterações nos níveis de hormônios de algumas mulheres. O nome origina-se do fato de que pacientes com esse transtorno freqüentemente (mas nem sempre) apresentam múltiplos pequenos cistos (nódulos) indolores nos seus ovários, o que pode ser visualizado por exames de ultrassom. Esses cistos são benignos. No entanto, as alterações hormonais provocadas pela síndrome podem causar sintomas importantes, com grande stress emocional para a mulher afetada. A SOMP é uma alteração muito comum de mulheres em idade reprodutiva, podendo atingir de 4 a 10% dessa população (em média, 7%). Quais... Leia Mais

09
SET

Metabolismo lento evita que você emagreça

Os problemas metabólicos podem ser uma das causas do excesso de peso. Isso significa que, independentemente de você se exercitar e ter uma alimentação saudável, quando faltam determinados minerais no seu organismo, o seu metabolismo fica mais lento e você não emagrece. Aproximadamente um terço da população mundial convive, hoje, com algum tipo de deficiência nutricional. O problema é serio. A escassez de vitaminas e minerais pode provocar inúmeros males, a curto e longo prazo: de anemia, fadiga, cáries, perda de concentração até maior suscetibilidade a infecções, arritmias cardíacas, depressão, osteoporose, hipertensão e câncer. Mas o que fazer para evitar esses problemas e garantir qualidade de vida ao longo dos anos? ?Para se ter uma idéia, apenas... Leia Mais

02
SET

Diabéticos descontrolados têm propensão à perda auditiva, dizem estudos

Pacientes diabéticos descontrolados ou aqueles portadores de complicações cardiovasculares ou neurológicas estão mais propensos a desenvolverem perda auditiva neurossensorial, de acordo com os resultados de dois estudos recentes. O primeiro estudo foi realizado pela doutoras Kathleen E. Bainbridge e Catherine C. Cowie (the National Institute of Diabetes and Digestive and Kidney Diseases). Este estudo avaliou 472 pacientes diabéticos com idades entre 20 e 69 anos de idade, participantes de um levantamento americano chamado de National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES). As autoras do estudo encontraram um risco seis vezes maior de perda auditiva neurossensorial de alta frequência em diabéticos portadores de neuropatia periférica e doença arterial... Leia Mais

Doenças Hormonais e Metabolismo
Obesidade - Crescimento - Diabetes
Tireóide - Testes Hormonais
Facebook
Av Rio Branco, 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393